V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Mobilidade Acadêmica Internacional para o aprendizado de um segundo idioma


às 21h09
Compartilhe:

Para quem busca a experiência de um intercâmbio, a principal atividade é o estudo, mas não é a única. Mais do que estudar disciplinas, a mobilidade acadêmica internacional possibilita explorar novas culturas e o aprimoramento de um segundo idioma.  Toda essa vivência tornará o currículo mais interessante e com maior potencial competitivo no mercado de trabalho. 

Você sabia que, além de estudar no exterior na modalidade virtual, é possível aproveitar disciplinas cursadas em uma universidade estrangeira? Essas outras situações relacionadas à mobilidade acadêmica internacional você fica sabendo a seguir. 

É possível fazer mobilidade acadêmica internacional para aprimoramento de uma segunda língua?

Sim. A coordenação de Relações Internacionais também promove um fluxo contínuo de intercâmbio para aprimoramento de outros idiomas que não o português. Para esse tipo de mobilidade, o aluno deverá procurar a coordenação de Relações Internacionais para informações sobre as parcerias existentes com instituições que oferecem esse tipo de produto, ficando a cargo do aluno a escolha do programa a ser cursado. Todos os custos relativos a este tipo de programa são por conta do estudante. Para possuir os benefícios das parcerias da Unit para esse tipo de programa, o aluno deverá estar regularmente matriculado e em seu período de férias acadêmicas para que o seu rendimento no curso não seja prejudicado. Os benefícios dos programas de mobilidade acadêmica internacional para o aprendizado de um segundo idioma também são estendidos a funcionários e egressos da Unit assim como discentes matriculados do Unit Idiomas.

Disciplinas cursadas em uma universidade estrangeira são passíveis de aproveitamento?

Sim, desde que sejam cumpridos alguns requisitos como apresentação de documentos comprobatórios da realização das atividades planejadas e que tenham carga horária e conteúdo programático compatíveis com o currículo da Unit. O aluno tem um prazo de até 30 dias após o início das aulas do período subsequente ao término do seu intercâmbio para solicitar o aproveitamento das disciplinas cursadas. Se perder o prazo, o estudante deverá fazer aproveitamento de disciplinas via Diretoria de Assuntos Acadêmicos em processo igual a qualquer outro aproveitamento. 

Quais são os pré-requisitos mínimos para que um aluno possa participar de um programa de mobilidade?

Estar regularmente matriculado na Unit, sendo que no momento da candidatura deve estar com integralização maior que 20% e menor do que 80% é a primeira condição. Além disso, o candidato não poderá cursar disciplina de trabalho de conclusão de curso no exterior, deve apresentar bom rendimento acadêmico com média geral igual ou superior a dos discentes que cursam o mesmo período do curso ao qual está matriculado. Deve ainda comprovar nível de idioma exigido pela IES onde pretende realizar a mobilidade acadêmica. Duas cartas devem ainda ser apresentadas: a primeira é a recomendação elaborada por professor ou outra autoridade acadêmica da Unit e a segunda é a de motivação pessoal (motivation letter).  Caberá à coordenação de Relações Internacionais verificar se o aluno cumpre as condições de elegibilidade, bem como a homologação da sua candidatura.

 

Compartilhe: