V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Nem só de construção vive a Engenharia Civil

Diversas especializações dinamizam o trabalho na área de Engenharia Civil e abrem boas oportunidades para os profissionais

às 20h38
O profissional de Engenharia executa e gerencia obras, sendo responsável pelo planejamento dos custos e cuidados com a segurança e dos aspectos legais (Unsplash)
O profissional de Engenharia executa e gerencia obras, sendo responsável pelo planejamento dos custos e cuidados com a segurança e dos aspectos legais (Unsplash)
Compartilhe:

A Engenharia Civil conta com diversas especializações que ampliam sua abrangência, para além da área da construção. Esta ainda é a principal área de atuação profissional, mas não é a única opção de trabalho para quem opta por esta graduação. 

Na área da construção civil o profissional executa e gerencia obras, sendo responsável pelo planejamento dos custos e cuidados com a segurança e dos aspectos legais. Atividades como concretagem, criação de fundações, acabamento, construção de pontes, túneis e reforma de edifícios fazem parte da rotina. 

O engenheiro pode se especializar na área de Orçamento e Planejamento, na qual é responsável pelo levantamento e análise da quantidade de materiais, custos e viabilidade de obras, assim como por elaborar cronogramas.

Infraestruturas, estruturas e transportes

No setor ligado à infraestrutura, o engenheiro civil atua projetando e construindo rodovias, túneis, metrôs, viadutos, pontes, ferrovias e portos. Não confundir com a área de Estruturas, que está relacionada à segurança, resistência e solidez das edificações. 

Já o engenheiro de estruturas utiliza princípios físicos, recursos da computação e conhecimento dos materiais para dimensionar suas escolhas e projetar estruturas.

Na Engenharia de Transporte ele trabalha com planejamento e manutenção de rodovias, ferrovias, sistemas hidroviários e aeroviários. Nessa área se estuda as infraestruturas dos sistemas de transportes e seu possível desenvolvimento e manutenção. 

Recursos Hídricos e Energéticos

O engenheiro civil que se especializa em Recursos Hídricos aplica conhecimentos e métodos sobre os processos hidrológicos e hidráulicos no planejamento de estruturas de fornecimento de água, geração de energia, redes de irrigação e prevenção de enchentes. É o responsável pela execução e gerenciamento das obras de drenagem, barragens, canais, entre outras relacionadas. Pode trabalhar em conjunto com um engenheiro ambiental. 

Na área de Recursos Energéticos o engenheiro civil vai trabalhar com fontes de energia tradicionais, alternativas e renováveis e também com sistemas e métodos de conversão e conservação de energia e impactos energéticos ambientais. 

A Geotécnica, outro ramo da Engenharia Civil, se preocupa com os componentes da superfície terrestre, o solo e as rochas. Trabalha diretamente com a análise das variáveis e indicadores da capacidade destas estruturas para receber as fundações de obras de infraestrutura.

Engenharia Ambiental e de Saneamento

Na área ambiental, o engenheiro é o responsável pela análise dos elementos no que se refere à proteção ambiental, ao manejo de recursos e à minimização dos impactos ambientais, levando em consideração as dimensões social, ecológica, tecnológica e econômica do meio ambiente. 

Essa área estuda os problemas ambientais para projetar sistemas de esgoto e água, sempre respeitando os limites de exploração e com o objetivo de desenvolver técnicas de preservação dos recursos naturais. Já o engenheiro de Saneamento vai se dedicar ao desenvolvimento de projetos de saneamento básico, como as redes de captação e distribuição de água e estação de tratamento de esgoto.

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: