V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Os suplementos alimentares, aos olhos da Nutrição

Vendidos sem prescrição, os suplementos alimentares englobam produtos para diferentes objetivos

às 15h27
O consumo exagerado desses suplementos podem causar sérios danos à saúde
O consumo exagerado desses suplementos podem causar sérios danos à saúde
Compartilhe:

Os suplementos alimentares são adotados por muitas pessoas como uma ajuda extra para alcançar uma saúde equilibrada. Praticantes de exercícios físicos, que desejam moldar o corpo e os músculos, também adotam os preparados que fornecem macro e micronutrientes que podem acelerar os resultados.

Antes, porém, de fazer uso destes recursos, é preciso adotar um estilo de vida favorável, com alimentação balanceada e prática de atividade física regular. Buscar a orientação profissional de um nutricionista capacitado é o mais indicado, pois ele vai orientar o método ou substância adequados para o seu estilo de vida e metas.

O que são suplementos?

Conhecer antecipadamente algumas informações a respeito destes suplementos, no entanto, podem ajudar a tirar dúvidas na hora da consulta. O suplemento alimentar ou desportivo é uma preparação que pode ser sólida, líquida ou um pó solúvel natural. 

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) inclui nesta categoria os suplementos de vitaminas e minerais, substâncias bioativas e probióticos, novos alimentos, alimentos com alegações de propriedades funcionais, suplementos para atletas, complementos alimentares para gestantes e nutrizes e medicamentos específicos isentos de prescrição.  

A Anvisa considera como medicamentos específicos somente os produtos à base de vitaminas ou minerais ou aminoácidos ou proteínas isolados ou associados entre si, para uso oral, com indicações terapêuticas bem estabelecidas e distinta das alegações aprovadas para suplementos alimentares.

Consumo consciente

Vendidos sem a necessidade de prescrição médica, eles são usados por conta própria por muita gente, em um comportamento que não é aprovado pelos especialistas. Uma pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos para Fins Especiais e Congêneres (Abiad), realizada em 2020, mostrou que 59% dos lares brasileiros possuem pelo menos uma pessoa consumindo suplementos alimentares.

O consumo exagerado desses suplementos podem causar sérios danos à saúde. É preciso ter consciência na sua utilização. A boa notícia é que o mesmo levantamento também mostrou que 90% dos entrevistados usam o produto como um complemento à alimentação e 85% buscam saúde e bem-estar. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: