V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Paimi promove Baile da Primavera na programação do dia do idoso

Com baile da primavera, idosas do Paimi se divertem e participam de desfile no último dia da programação em alusão ao Dia do Idoso

às 20h13
Maria Pastora, de 69 anos, participou do desfile
Maria Pastora, de 69 anos, participou do desfile
Baile da Primavera integra programação em alusão ao Dia do Idoso
Patrícia da Silva, filha e sobrinha de duas integrantes do Paimi
Turma do Paimi animada com o Baile da Primavera
A professora de Enfermagem Ângela Barros e a coordenadora do Paimi, professora Zulnara Mota
Compartilhe:

As idosas do Programa de Assistência Integral à Melhor Idade – Paimi – da Universidade Tiradentes – Unit – participaram nesta quinta-feira, 5, do 1º Baile da Primavera. O evento encerrou a programação especial em comemoração ao dia do idoso.

Além do baile, as integrantes fizeram um desfile que elegeu a rainha da primavera. Para a coordenadora do Paimi, professora Zulnara Mota, esse dia se tornou um marco. “É o nosso primeiro baile e percebemos que elas abraçaram essa ideia de uma forma inesperada, estão todas bem produzidas e animadas. Queremos trazer para essas idosas a sensação de bem-estar, e aqui na Universidade elas são bem acolhidas. Sabemos que uma autoestima bem elevada minimiza certas patologias, como o estresse e a pressão alta”, completa professora Zulnara.

Maria Pastora, de 69 anos, participou do desfile e considera que o programa tem um significado importante em sua vida. “Há um ano e quatro meses eu estava entrando em depressão, foi daí que decidi participar do Paimi, a melhor decisão que tomei na minha vida. Hoje estou curada e muito feliz por estar nessa família que me acolheu de braços abertos”, expressa Maria emocionada.

Baile da Primavera

O evento contou com a participação de familiares, alunos dos cursos de Enfermagem e de Educação Física da Unit. De acordo com a professora Ângela Barros, que acompanha as idosas do Paimi há um ano, o divertimento também previne doenças.

“Diante de muitas teorias, é entendido que as necessidades humanas básicas passam por diversos aspectos, um desses é a autoestima. Acreditamos que esses eventos que promovem lazer ajudam na questão da socialização como processo educador e de saúde”, revela Ângela.

Patrícia da Silva, filha e sobrinha de duas integrantes do Paimi, conta que depois que elas entraram no programa passaram a ter mais disposição. “Minha mãe e minha tia eram muito caseiras e um pouco desanimadas para realizar algumas atividades, agora estão mais felizes e com uma disposição maravilhosa”, afirma.

Baile encerrou as atividades alusivas ao Dia do Idoso. Durante a semana, as idosas desfrutaram de uma manhã de embelezamento e participaram de uma palestra sobre problemas auditivos.

 

Compartilhe: