V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Pesquisa analisa os podcasts e sua importância na divulgação científica

O jornalista Leonardo Fraga desenvolve pesquisa com foco em podcasts e a sua atuação na divulgação científica. Ainda na graduação, Fraga desenvolveu um projeto voltado para memes, durante a Iniciação Científica.

às 22h51
Compartilhe:

Desde que ingressou na graduação, o jornalista Leonardo Fraga, egresso da Universidade Tiradentes — Unit, buscava novos horizontes. Foi através dessa inquietude que ele se interessou pela parte acadêmica e não parou mais. No início, participou dos encontros do Grupo de Pesquisa em Educação, Tecnologias da Informação e Cibercultura Getic/Unit/CNPq e submeteu um projeto de Iniciação Científica.

“Conversei com a coordenação do curso e alguns colegas e me recomendaram o Getic, liderado pela professora Cristiane Porto. Assim, fui convidado a participar das reuniões e achei muito interessante”, comenta Leonardo. Cristiane Porto é docente da Unit do curso de Comunicação Social nas habilitações de Publicidade e Propaganda e Jornalismo, Educação Física e do Programa de Pós-Graduação em Educação. Ela é líder do Getic/Unit/CNPq e possui Bolsa Produtividade no Comitê de Divulgação Científica do CNPq.

Fraga ingressou oficialmente na pesquisa quando começou a trabalhar em um projeto de Iniciação Científica sobre memes. Logo após finalizar a vida acadêmica, o jornalista entrou no Programa de Pós-graduação em Educação da Unit, considerado o melhor programa stricto sensu do Norte-Nordeste entre as instituições de ensino particulares. Já no mestrado, passou a pesquisar sobre podcasts. “Sempre tive vontade de conciliar um pouco mais o meu background da comunicação com o programa de educação. Achei, naquele momento, que o podcast seria uma intercessão para mim mais interessante do que os memes, e decidi começar a pesquisa no podcast relacionado à divulgação científica”, declara.

“Entendo que é uma mídia que está atraindo uma atenção muito grande do público. A gente tem um crescimento exponencial do consumo de podcasts nos últimos cinco anos, e decidi conferir como os pesquisadores estavam articulando os conteúdos nessa mídia e analisar quando efetivamente esses conteúdos contribuem para a divulgação científica”, acrescenta.

O projeto atual, denominado “Ciência na Podosfera: quando um podcast colabora na divulgação científica”, realiza uma análise dos podcasts sobre ciência mais populares do país.

“No ano passado, a pandemia representou uma nova fase do boom desses conteúdos para a educação. Este projeto analisa a divulgação científica, justamente para entender as características, as especificidades dessa mídia. Tanto para compreendermos como esse canal está sendo utilizado pelos divulgadores, os cientistas, como também se o podcast pode ser uma alternativa para as pessoas interessadas em ciência, como uma fonte de informação relevante na nossa sociedade”, destaca Leonardo Fraga — que, agora, deseja seguir rumo ao doutorado.

“Tenho uma expectativa muito grande que meu projeto possa ser o ponto de partida para que a gente olhe com um pouco mais de cuidado e zelo os podcasts, como uma alternativa para divulgação científica. O programa de pesquisa tem produções incríveis. Espero contribuir com a instituição na implementação dos podcasts, no investimento desse canal como fonte de informação e divulgação dos trabalhos e para que, nessa perspectiva, possa se consolidar no doutorado”, finaliza Fraga.

Compartilhe: