V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Pesquisadores visitam herbário da Unit

A visitação foi realizada no último dia 22 de março com o intuito de trocar informações sobre as coleções de exsicatas

às 10h40
No último dia 22 de março, a Universidade Tiradentes recebeu a visita de pesquisadores da Universidade Federal de Sergipe e da Universidade Estadual de Feira de Santana no Herbário AJU da Unit.
Compartilhe:

A doutoranda Karoline Coutinho, do Programa de Pós-Graduação em Botânica da UEFS, realizou um estudo no herbário a partir da conferência das pranchas com exsicatas da família Myrtacea. As exsicatas são amostras de plantas prensadas e secas (em estufa), fixadas em material padrão e etiquetada com informações pertinentes para fins de estudo botânico.

“Com a visita realizamos uma troca de informações sobre as coleções de exsicatas colocando à disposição para pesquisa e junto à comunidade acadêmica, contribuindo para o enriquecimento científico no nosso herbário”, declara o curador do Herbário AJU da Unit, professor do curso de Ciências Biológicas Marcelo Brito de Melo.

No acervo são disponibilizados conjuntos de espécimes vegetais, prensados e secos, e dispostos em sequência de uma classificação taxonômica, podendo ser utilizados como referência a outros estudos científicos.

Além da doutoranda, a Dra. Marla Ibrahim, curadora do herbário da UFS, também esteve presente na visitação.

 

Sobre o herbário da Unit

O Herbário Tiradentes foi inaugurado em 20 de janeiro de 2014 e está localizado no Campus Aracaju Farolândia da Unit. Sua estruturação foi realizada com o intuito de contribuir para a capacitação de alunos na área de Botânica, com ênfase em coleções e sistemática, aliada à promoção do conhecimento da diversidade florística do estado de Sergipe.

São quase mil exemplares registrados e todos estão informatizados na plataforma BRAHMS. Destacam-se materiais coletados nos biomas mata atlântica, caatinga e cerrado. A maioria dos exemplares se refere às angiospermas, mas também podem ser encontrados algas de águas continentais, musgos, hepáticas, samambaias e fungos depositados no acervo do herbário.

Compartilhe: