V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Qual a importância do estudo da farmacoterapia?

Professora da Unit explica como a necessidade dos pacientes é atendida por meio das terapias medicamentosas

às 14h43
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
Professora Alessandra Silva Rabelo
Compartilhe:

A farmacoterapia é uma especialidade farmacêutica que garante o uso adequado e ideal dos medicamentos na prevenção e tratamento das doenças a partir do acompanhamento e cuidado ao paciente. Sendo parte essencial dos serviços de saúde, o acesso aos medicamentos é fundamental para o processo de atenção integral à saúde do indivíduo.

A professora do curso de Farmácia da Universidade Tiradentes, Alessandra Silva Rabelo, explica que o estudo da farmacoterapia tem como finalidade atender as necessidades relacionadas aos pacientes, prevenindo, identificando e resolvendo os problemas patológicos frente às terapias medicamentosas. Estando sempre em constante modificação, Alessandra reitera a importância de reconhecimento e amadurecimento da especialidade na prática clínica farmacêutica. 

Muitas doenças e problemas de saúde apresentam novas informações e sintomatologias que antes não eram descritas, sendo preciso que o farmacêutico esteja sempre atento. “Além disso, a busca o aprimoramento na farmacogenética, onde a particularidade do paciente nos mostra que o medicamento pode ter uma resposta clínica diferente, demandando novas abordagens no tratamento atual”, afirma Alessandra.

A professora também relata que a farmacoterapia deve ser praticada por todos os profissionais de saúde que prestam atendimento direto ao paciente, para que assim possam implementar um plano de cuidado compartilhado. “Hoje já temos consultório farmacêutico, onde os profissionais podem praticar a farmácia clínica centrada no paciente, para que este tenha o melhor atendimento possível e a encontre o melhor medicamento de acordo com sua necessidade”.

Leia Mais:
Presença de farmacêutico em farmácias e drogarias traz segurança para clientes
Covid-19 e a importância do farmacêutico hospitalar

Compartilhe: