V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Realidade aumentada é diferencial para estudantes na modalidade a distância

Gerente acadêmica do EaD da Unit, professora Karen Sazaki explica a importância da tecnologia para o aprendizado dos acadêmicos.  

às 16h58
Compartilhe:

A tecnologia na área educacional está cada vez mais presente, para otimizar ainda mais o aprendizado dos estudantes. As tendências surgem a cada segundo e estão mais perto de fazer parte do nosso dia a dia. É o caso da realidade aumentada. A tecnologia, implantada pela Universidade Tiradentes (Unit), é um diferencial para os acadêmicos na modalidade a distância.

“É uma solução de tecnologia que permite que a pessoa, no caso o aluno, consiga visualizar em formato 3D e faz com que o estudante tenha contato direto com aquele objeto, geralmente utilizada com o celular. Com isso, ele escaneia um código e, por meio de um aplicativo específico no celular, é feito um download que, quando o aluno abre e passa na frente daquele objeto, sobe na tela do celular”, explica a gerente acadêmica do EaD da Unit, professora Karen Sazaki.

“Essa característica da imersão, na qual o universitário consegue ter aquele objeto na palma da mão, é superinteressante, porque ele tangibiliza o conhecimento de forma muito próxima, engajando o aluno para que ele tenha maior envolvimento com aquele estudo, além de permitir uma maior compreensão daquele objeto”, acrescenta.

Para Sasaki, a nova experiência de aprendizagem também é importante para uma pré-avaliação. “Muito antes de fazer uma aula prática, ter acesso a um objeto por meio da realidade aumentada auxilia quando você vai para vida real, seja numa aula prática, no laboratório ou em atendimento a um paciente. São experiências que começam a ser vividas, seguras e com conhecimento científico aplicado, promovendo um maior engajamento do estudo e aprendizagem bem maior, além de serem lúdicas”, destaca.

Os objetos de realidade aumentada fazem parte dos conteúdos didáticos contextualizados com assuntos específicos.  “Utilizamos essa tecnologia nas áreas de Exatas, Design, Saúde, Estética e Cosmética e Biomedicina.

“Existem conteúdos específicos que possuem esses recursos de engajamento e imersão de tecnologia. No início de 2020, atualizamos todos os nossos conteúdos didáticos”, enfatiza.

“Quando a gente fez essa atualização, trouxemos diferentes objetos educacionais para a tela do aluno, para que ele possa ter uma experiência de aprendizagem cada vez melhor, com mais recursos tecnológicos, a fim de aproximá-lo do mundo do trabalho, da vida real. Esses objetos fazem parte desse conceito do nosso modelo educacional”, finaliza a gerente acadêmica.

Veja como a realidade aumentada pode auxiliar nos seus estudos:

 

Veja também:

Ensino digital: as tendências para a educação do futuro

Compartilhe: