V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Semana acadêmica destaca alunos de Letras Português/Espanhol

Com o tema “Línguas, literaturas e profissionalização”, prossegue no campus Farolândia a 5ª Semana Luso-Hispânica

às 19h42
Promovida pelas coordenações do curso nas modalidades presencial e EAD, o evento que comemora o décimo ano de implantação do curso pela Universidade Tiradentes tem uma programação composta por minicursos e palestras, todos eles transmitidos de forma simultânea para todos os polos que ofertam o curso na modalidade a distância.
Composição da mesa para a abertura da semana
Composição da mesa para a abertura da semana
Alunos participam de forma presencial e online
Compartilhe:

Durante a palestra de abertura oficial ocorrida na noite dessa quinta-feira, 4, no Auditório da Reitoria, a professora Cláudia de Souza Cardoso Meireles, representando a coordenadora do curso, professora Elda Rosa Rodrigues, salientou a importância do momento para os acadêmicos da Unit e demais convidados de outras instituições. “É um momento grandioso porque transforma muitas opiniões, uma vez que conta com a participação de críticos de todas as áreas das Letras e socializa os conhecimentos”, pondera a docente.

O coordenador do curso de Letras Inglês e Letras Português na modalidade presencial, professor Clodoaldo Messias dos Santos, também docente de algumas disciplinas no curso de Português/Espanhol, considera importante a realização de semanas acadêmicas. “É quando trazemos a prática para a realidade com a oferta de minicursos, onde os participantes têm a chance de saber o que ocorre fora da sala de aula”, salienta o professor.

Ao falar sobre o curso “Licenciatura em Letras: formação para a docência e formação para a academia”, a primeira palestrante da noite, professora mestre (UFS) Valéria Jane Siqueira Loureiro, exaltou o trabalho de pesquisa que vem desenvolvendo para o seu doutorado e mostrou para a academia a importância da existência de profissionais que atuem especialmente em sala de aula, formando novos cidadãos.

“Quem deseja continuar estudando, fazendo especialização, tem que ter esse aporte das línguas estrangeiras”, lembra a palestrante convidada.

Compartilhe: