V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Trade de Investimentos: curso assegura estratégias para futuro financeiro

Já pensou realizar operações na bolsa de valores e obter ganhos financeiros, sendo você experiente ou não na área? Esse é o futuro dos investimentos?

às 23h55
Professor Luis Beltrami fala sobre o futuro dos investimentos
Professor Luis Beltrami fala sobre o futuro dos investimentos
Compartilhe:

A previsão do futuro sempre esteve nas curiosas entrelinhas da história da humanidade. Quando se fala em finanças, não é diferente. Com o intuito de prestar auxílio acerca do mercado de comercialização de ativos financeiros, a Universidade Tiradentes (Unit) oferta o curso Trade de Investimentos, oportunizando conhecimento teórico e prático sobre operações na bolsa de valores e, dessa forma, obter ganhos financeiros, seja você iniciante ou experiente na área. Mas, um questionamento muito importante precisa ser feito: qual é o futuro dos investimentos financeiros?

O professor Me. Luis Beltrami, pró-reitor de Marketing, Comercial e Relacionamento da Unit, explica que, na atualidade, há uma profusão de ativos financeiros que vão do ouro até formas mais complexas de investimento, como a criptomoedas. “Desde a adoção dos computadores pessoais, nos anos 60 e 70, à criação da internet nos anos 90 e à utilização crescentes dos smartphones, a partir dos anos 2000, a tecnologia vem promovendo inovações na forma como consumimos, nos relacionamos e, também, como fazemos negócios. Em relação aos investimentos, a adoção das tecnologias vem permitindo grandes mudanças, na chamada era do dinheiro 4.0”, explica o professor.

Por meio de algumas tecnologias presentes em nosso dia a dia, o ambiente financeiro está sendo modificado. “A utilização do novo sistema de pagamentos instantâneos como o PIX, o crescimento dos bancos digitais como o Nubank, bem como uma maior acessibilidade ao trade (negociação) de ações e fundos imobiliários na bolsa de valores no Brasil ou no exterior, são realidades comuns da vida moderna”, pontua o professor Me. Luis Beltrami.

Nesse sentido, uma das tecnologias mais promissoras que afetam diversos negócios é a blockchain, ou “bloco de dados”. Conforme explanação do professor, ela permite a criação de um grande bloco de informações virtual compartilhado, imutável e sua característica mais importante: confiabilidade.

“E qual é o impacto da adoção do blockchain nos investimentos?”, instiga o professor.   “Uma das possíveis respostas é que essa tecnologia é a base para a existência das criptomoedas, como o Bitcoin e a Ethereum. As criptomoedas são ativos ou moedas digitais que utilizam a tecnologia para trazer mais segurança às operações financeiras, sem a necessidade de intermediação de um agente financeiro, como os bancos. Como o blockchain garante um único bloco de informações para aquele tipo de ativo, o sistema impede a alteração do dado original, trazendo uma maior confiabilidade às transações comerciais”, esclarece o professor Me. Luis Beltrami.

Mesmo sendo uma tecnologia promissora, ele explica que as criptomoedas ainda não são regulamentadas. “Não têm nenhum lastro em bancos ou governos e não são reguladas pelos bancos centrais de cada país, já que não precisam de intermediários. Assim, a volatilidade das moedas digitais deve continuar por bastante tempo, até que a tecnologia se torne corriqueira e substitua antigas formas de pagamento”, ressalta.

 

Qual é o futuro dos investimentos?

Dessa forma, voltamos à pergunta: qual é o futuro dos investimentos? Para o professor, apesar de todas as controvérsias, as criptomoedas devem se tornar, futuramente, um meio habitual de pagamento de transações e comércio. “Possibilita excelente forma de investimento, desde que se tenha em mente que a sua volatilidade é alta, de modo que não é indicado investir mais de 5% do seu patrimônio nesses ativos”, diz Beltrami.

Porém, o futuro dos investimentos não está relacionado somente às criptomoedas. Existe, ainda, uma crescente busca por diversificação dos investimentos, saindo da poupança para a negociação de ações na Bolsa de Valores.

“Devido à simplificação e maior acessibilidade proporcionadas pela tecnologia, segundo a B3, houve um aumento de 1,68 milhão de pessoas físicas, em 2019, para 3,22 milhões em 2020. Redução dos custos das transações financeiras, maior educação financeira, mudança de mindset (mentalidade) e maior acesso às informações (gratuitas ou de baixo custo, como serviços digitais de informações financeiras) irão levar a um aumento da procura por ativos financeiros. Assim, o futuro dos investimentos está atrelado a uma maior consciência financeira e ao acesso a diferentes tipos de investimentos, proporcionando uma maior gestão das pessoas sobre seu patrimônio”, elucida o professor Me Luis Beltrami.

Portanto, alguns princípios básicos devem continuar sendo importantes no futuro dos investimentos financeiros, como a diversificação, o retorno e a informação. Para compreender melhor as probabilidades do futuro financeiro, a temática pode ser explorada no curso Trade de Investimentos, oportunizado pela Unit EAD. 

 

Leia mais:

Novos cursos EaD da Unit estão com inscrições abertas

EaD: modalidade auxilia realização de sonhos

Compartilhe: