V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Programação artística movimenta a Unit Centro

Noite cultural mobiliza alunos e comunidade no Campus Centro

às 18h47
Alunos de Letras/Português
Alunos de Letras/Português
A professora Tânia ladeada por um egresso e pelo coordenador, Clodoaldo Messias
Rodrigo Vieira Melo em frente ao seu estande
Compartilhe:

A noite da quarta-feira, 11, foi de muita animação no Campus Centro da Unit. No minishopping da IES localizada na Rua Simão Dias, alunos de todos os períodos das licenciaturas Letras/Português e Letras/Inglês realizaram o Café Cultural e o Chá Cultural, respectivamente.

O coordenador dos cursos, professor Clodoaldo Messias, enfatiza que a segunda edição do Café e a terceira do Chá literário mobilizam a comunidade acadêmica e pessoas da comunidade para conhecerem de forma prática a cultura nativa e a cultura dos países anglo-saxônicos.

“Nosso intuito é sempre o de promover culturas distintas para que todos conheçam a Instituição e o nosso espaço”, diz o professor, reforçando a afirmativa de que para estudar uma língua, seja ela materna ou estrangeira, é necessário um amplo conhecimento da sua cultura. “Não há como dissociar: se você trabalha determinado idioma, você deve perpassar pela cultura dessa nacionalidade”, reforça o professor, lembrando que a programação representa o ápice de um longo período em que os alunos já desenvolvem suas pesquisas e ensaios.

O acadêmico Rodrigo Vieira Melo, do 6º período do curso Letras/Inglês, considera que o Chá literário representa um importante momento de união e de confraternização entre os colegas, além de permitir o aprofundamento no conteúdo do curso. “Com ações desse tipo, saímos de sala de aula para pôr em prática o que foi aprendido”, diz.

Dayana Grace está cursando o 5º período de Letras/Português e reconhece que o momento é bastante gratificante para ela e demais colegas. “É a nossa oportunidade de demonstrar através da poesia um pouco dos cânticos de cada autor representado durante o evento”, sugere.

A organizadora dos Chás, professora Tânia Regina Carvalho Santos Leite, lembra que os eventos têm como objetivo principal estimular nos alunos a confraternização e permitir que esses aprofundem seus conhecimentos sobre autores consagrados, sejam eles contemporâneos ou não. “É isso o que queremos: que o aluno crie intimidade com a pesquisa e que apresente em momentos como esse os seus conhecimentos”, lembra a professora.

Compartilhe: