V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit forma 315 técnicos em Orientação Comunitária

Para celebrar conclusão de atividades, alunos do Pronatec/Unit/Centro realizam ações com idosos

às 17h38
Evento foi realizado no calçadão da 13 de Julho
Evento foi realizado no calçadão da 13 de Julho
Diretor do campus Aracaju Centro Geraldo Chagas e o prof. Anderson Figueiredo
Compartilhe:
Evento foi realizado no calçadão da 13 de Julho

Evento foi realizado no calçadão da 13 de Julho

O momento é especial para 315 alunos do curso técnico em Orientação Comunitária do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego – Pronatec – ofertado no Campus Centro da Universidade Tiradentes. Os estudantes encerraram as atividades do curso na última sexta-feira, 22 de agosto, promovendo uma série de atividades para aproximadamente 650 idosos. O palco escolhido para desenvolvimento das ações foi o calçadão da 13 de Julho, em Aracaju. Lá, os formandos realizaram atividades ligadas à cultura, à arte, à beleza e à saúde. O evento teve a proposta de mostrar a sociedade o papel do profissional em orientação comunitária e a importância de trabalhar com esta parcela da população.

Acompanhada pelo grupo de idosos Venuzia Rodrigues Franco, localizado no município sergipano de Nossa Senhora do Socorro, a aposentada de 70 anos, Cordélia Santos, estava animada com a iniciativa dos alunos. “Já pintei as unhas, já fiz atividades de pintura em papel, participei de jogos, dancei e adorei. Eu gosto de ver gente e aqui é um lazer para mim, porque conhecemos muitas pessoas”, conta.

Se por um lado o evento promove a integração entre idosos e comunidade, por outro, a sensação sentida pelos estudantes é de dever cumprido. A educadora social e aluna formanda do curso, Tania de Jesus Rodrigues, está feliz com a conclusão. “Achei o curso muito bom, superou minhas expectativas”, enfatiza Tania Rodrigues.

Diretor do campus Aracaju Centro Geraldo Chagas e o prof. Anderson Figueiredo

Diretor do campus Aracaju Centro Geraldo Chagas e o prof. Anderson Figueiredo

Michel Santos Rios também celebra a conclusão do curso. Agora ele acredita estar ainda mais bem preparado para a profissão que exerce como educador social. “Adquiri conhecimento em diversas áreas, agregou muito valor ao trabalho que já desenvolvo. Faço uma avaliação bem positiva do curso e acredito estar mais apto para exercer a função no mercado de trabalho”, analisa Michel, que também é voluntário na Casa Santa Zita.

Segundo o professor do Pronatec/Unit no Campus Centro, Anderson Figueiredo, o evento representa um grande momento, tanto para os idosos, quanto para os estudantes. “Queremos mostrar a sociedade sergipana que o idoso é uma pessoa participativa e que pode fazer atividades recreativas, ajudar ao próximo. Por isso organizamos uma atividade de integração. Através desse trabalho que os alunos desenvolveram foi possível enxergar a importância do técnico em orientação comunitária na sociedade. É de grande credibilidade, tanto para o Estado, quanto para a instituição, estar formando esses profissionais, porque eles são pioneiros. Temos a certeza de que eles estão aptos ao mercado profissional”, finaliza o docente.

 

Compartilhe: