V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Vagas abertas na Incubadora de Empresas

São nas modalidades de pré-incubação e incubação de empresas de base tecnológica, residentes e não residentes.

às 19h13
Quem estiver pensando em iniciar um negócio, mas não tem muita certeza sobre quais caminhos trilhar para fazer com que o empreendimento deslanche, o Instituto de Tecnologia e Pesquisa (ITP) pode ser um grande parceiro nesta jornada. Estão abertas até o dia 6 de setembro as inscrições do processo seletivo para preenchimento de vagas na Incubadora de Empresas do Instituto, a I-TEC. As vagas oferecidas são nas modalidades de pré-incubação e incubação de empresas de base tecnológica, residentes e não residentes. O edital completo pode ser acessado no link http://itecse.org/2016/08/08/lancamento-do-edital-de-incubacao-do-itec-2016-2/.
Edital aberto até 06 de setembro
Edital aberto até 06 de setembro
Thyara Merlo, gestora da ITEC e Diego Menezes, presidente do ITP
Compartilhe:

De acordo com a gestora da Incubadora de Empresas do ITP, Thyara Merlo, o órgão tem como papel fomentar o empreendedorismo e a inovação, fornecendo o conhecimento, as ferramentas e o apoio necessários ao pleno desenvolvimento dos empreendimentos iniciantes, de modo que sejam capazes de crescerem e se manterem. “São extensos os desafios que um novo negócio pode encontrar para se estabelecer, em especial os que são inovadores, cujas incertezas podem intimidar as iniciativas”, observou Thyara Merlo.

Ela cita como exemplos desses desafios a concorrência globalizada, que dificulta o acesso a mercados dominados por grandes marcas; a criação de novos mercados quando se tem um produto tão novo que é preciso um esforço de convencimento dos clientes; e ainda, a prospecção de fontes de investimento. Segundo Thyara Merlo, essas dificuldades são ainda maiores em uma região como o Nordeste, onde a baixa qualificação e a infraestrutura precária dificultam a competitividade.

“Por isso, a Incubadora desempenha um grande papel no desenvolvimento local ao fortalecer o negócio nascente. O trabalho dela impacta na queda da taxa de mortalidade das empresas, consequentemente faz com que sejam aumentadas as oportunidades de emprego, e, por fim, na arrecadação municipal e estadual, dentre muitos outros efeitos”, destacou.

O presidente do ITP, doutor Diego Menezes informa que a pretensão é que os incubados sejam acompanhados e assessorados continuamente por empresários de sucesso nacional e internacionalmente. Para tanto, ele considera fundamentais as parcerias já estabelecidas com o SEBRAE e a Universidade Tiradentes (Unit). “Desejamos que a incubadora seja um lugar que possa oferecer mais que espaço físico, que possibilite o desenvolvimento de boas ideias e, sobretudo, propicie ao empreendedor adquirir os conhecimentos técnicos necessários para se administrar um negócio”, declarou o presidente do Instituto.

Nesse contexto, os objetivos da ITEC são: estimular o surgimento de novos empreendimentos de base tecnológica associados a setores dinâmicos da economia; disseminar a cultura do empreendedorismo no estado de Sergipe; criar mercado para o desenvolvimento das pesquisas tecnológicas; possibilitar uma maior aproximação entre o meio acadêmico e o empresarial através do estímulo ao surgimento de spin-offs acadêmicos e aos processos de transferência de tecnologia; e estimular o conhecimento da C&T, com o objetivo de desenvolver ou aperfeiçoar produtos, processos, sistemas ou serviços visando o interesse empresarial ou social.

SOBRE A ITEC

Criada em 2004, a Incubadora de Empresas do ITP recebeu o apoio do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas em Sergipe (SEBRAE/SE), do Banco do Nordeste e da Financiadora de Estudos e Projetos (FINEP) para a operacionalização. O edital 2016 aponta para um novo momento da incubadora, que passou por uma nova visão de gestão e modernização da infraestrutura, para oferecer ainda mais benefícios aos futuros empreendedores. Estão sendo oferecidas 21 vagas para empresas pré-incubadas e incubadas residentes, ou seja, o negócio com sede dentro da ITEC. Já para as pré-incubadas e Incubadas não-residentes, portanto, com sede estabelecida fora da incubadora, são 10 vagas no total.

O processo de seleção foi dividido em duas etapas: a primeira para conferência dos documentos e aderência às áreas de atuação da ITEC, e a segunda para a apresentação de um pitch, tendo como base o Resumo Executivo (para pré-incubação) ou o Plano de negócios (para a incubação). Os roteiros das duas modalidades são de redação livre, entretanto, quanto mais informações puderem ser dadas melhor será para a Comissão de Seleção avaliar a ideia ou o empreendimento.

Os selecionados terão além dos benefícios oferecidos pela incubadora ITEC, acesso às dependências do ITP, à infraestrutura da Universidade Tiradentes e facilidade no acesso aos produtos e serviços oferecidos pelo SEBRAE/SE, mediante disponibilidade.

Segundo o Dr. Diego Menezes, a incubadora do ITP foi repensada com muita dedicação pelo corpo diretivo, em especial, pela nova gestora da Incubadora, a Thyara Merlo, que tem recebido apoio do Instituto para realizar diversos aperfeiçoamentos em empreendedorismo e negócios, bem como visitado incubadoras de outros Estados.

“Ficou claro para nós que gerar um ambiente capaz de estimular a inovação, a cooperação mútua e o compartilhamento de conhecimentos seria um fator primordial para o sucesso, por isso, criamos ambientes de escritório compartilhados e programas de estímulo ao desenvolvimento conjunto de soluções. Por outro lado, não podemos ignorar as especificidades de cada negócio e, para tanto, o acompanhamento e suporte continuarão individualizados. Até mesmo a contribuição financeira será proporcional ao tamanho ocupado pelo empreendimento incubado”, explicou.

E para atender ainda mais as necessidades dos incubados e pré-incubados a ITEC está fortalecendo as parcerias com as melhores instituições da área. Está implantando o modelo CERNE de Gestão de Incubadoras, que requer certificação pela Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores – ANPROTEC, uma das mais conceituadas instituições de apoio a novos empreendimentos do Brasil. A certificação CERNE será apoiada pelo SEBRAE. Os interessados no certame podem dirimir as dúvidas existentes através do telefone 3218 2191 ou pelo e-mail itec@itp.org.br.

Compartilhe: