V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Vidro fosco: alteração no pulmão indica lesão

A aparência esbranquiçada do órgão mostra lesão causada por doenças ou inalação de produtos químicos.

às 16h45
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
Compartilhe:

Recentemente, um exame do cantor sertanejo Zé Neto, que faz dupla com Cristiano, mostrou uma alteração no aspecto do pulmão. Conhecida como ‘vidro fosco’, a condição pode ser resquício da covid19, além de acentuada pelo uso do cigarro eletrônico.

Tanto a nicotina, presente em cigarros comuns, quanto outras substâncias inalatórias também podem prejudicar a saúde do órgão, além de pneumonias virais e bacterianas, e edemas pulmonares.

A mudança na aparência do pulmão é caracterizada pelo aumento da densidade do parênquima pulmonar em que permanecem visíveis os contornos dos brônquios e vasos no interior da área prejudicada por uma doença, entre elas a covid19.

Ela é detectada através da tomografia dos pulmões e por si só não é suficiente para diagnosticar uma doença. É a partir da detecção do ‘vidro fosco’ que o paciente será submetido a outros exames para o diagnóstico.

Segundo especialistas, a condição de Zé Neto não é grave, mas causa falta de ar e dificuldade para respirar. Com isso, tarefas simples do dia a dia, como cantar, no caso dele, podem se tornar cansativas.

 

*Com informações do INCA, Uol, Veja e Peb Med

 

Leia também: Campus Estância abre seleção para residência médica

Compartilhe: