V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Egressa da Unit está à frente do Programa Estadual de Imunização

Ana Lira é egressa do curso de Enfermagem da Unit, iniciou sua carreira no programa em 2013 e viveu experiências difíceis durante a pandemia

às 11h08
A egressa do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes (Unit), Ana Lira.
A egressa do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes (Unit), Ana Lira.
Compartilhe:

À frente do Programa Estadual de Imunização, a egressa do curso de Enfermagem da Universidade Tiradentes (Unit), Ana Lira desempenhou um papel fundamental durante a pandemia de covid-19. Experiências que ficarão marcadas em sua memória e na vida dos sergipanos.

A enfermeira Ana Beatriz Lira, começou a sua trajetória no programa em 2013. Ainda não se ouvia falar de coronavírus nem covid-19. Os desafios eram outros, mas a dedicação de Ana sempre foi a mesma. Nesse tempo, ela realizava treinamentos, capacitações e avaliava os indicadores de cobertura vacinal de Sergipe.

Foi quando em 2020, a pandemia de covid-19 chegou ao estado. “Mesmo conhecendo toda a história da saúde e tendo contato através dos livros com inúmeros problemas mundiais na área, nunca imaginei estar dentro do que vivo hoje. Quando a pandemia chegou, o meu cenário de trabalho se transformou e os olhos de todos estavam voltados para o que fazíamos”, comenta Ana Lira.

Para ela, a capacidade que desenvolveu e a ajudou nesse momento difícil só foi possível pela base sólida que construiu em sua vida acadêmica. “A Unit me proporcionou ter contato com toda técnica e vivência necessárias para que hoje eu pudesse atuar na área. A instituição prepara os alunos para o lado profissional e também para a vida. Transitar por esse momento não está sendo fácil, são muitos desafios e aprendizados que com certeza farão toda a diferença para mim”, conclui Ana.

Diante das dificuldades enfrentadas no auge da pandemia, a enfermeira destaca o envolvimento das equipes envolvidas no programa e a atenção necessária nas ações. “As equipes de saúde estão ativas durante os sete dias da semana para que todos sejam vacinados de maneira ágil e correta. Para que isso seja possível, é necessário compor uma logística de preparo de campanha através de pesquisas e estudos”, disse.

Ana também ressalta como as diretrizes do Plano Nacional de Imunização (PNI) contribuíram durante a pandemia. “O programa de imunização brasileiro é muito amplo e completo, pronto para atender as necessidades de toda a nação. Contamos com mais de 42 tipos de imunobiológicos e as vacinas para covid-19 chegaram agregando ainda mais ao projeto”, comenta.

Depois de meses intensos de trabalho e dedicação, ela fala do resultado alcançado. “Hoje, a população entende que o melhor caminho para a prevenção e erradicação da pandemia é a vacinação em massa”, finaliza Ana Lira.

 

Leia também: Enfermagem: ética e cuidado humanizado em prol da saúde

Compartilhe: