V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Enem 2021: Veja dicas para alcançar a sonhada nota mil na redação

Para alcançar a nota mil na redação do Enem, treinar ao menos uma vez por semana é o recomendado, além de aprimorar a leitura e a escrita

às 11h26
O segredo de uma boa redação está na constância em ler, escrever e corrigir textos (Unsplash)
O segredo de uma boa redação está na constância em ler, escrever e corrigir textos (Unsplash)
Compartilhe:

Nesta reta final para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ainda é possível se preparar para mandar bem na prova e conquistar a sonhada nota mil na redação. Para alguns candidatos que conseguiram a nota mil no Enem passado, o melhor esquema para se preparar para a prova é treinar pelo menos uma vez por semana, pois ter a constância de escrever e praticar é muito importante e ajuda a pegar o jeito, tornando a escrita mais automática. 

Outro ponto que deve ser levado em consideração é pedir aos professores do curso preparatório para ler as redações que você escreve. Isso ajuda a ter um feedback e a saber onde errou e onde melhorar. As correções dos textos também podem ser feitas na internet e até mesmo pelos pais ou amigos do candidato. O importante é que alguém leia e ajude o estudante a melhorar onde for preciso e a cada semana é só tentar melhorar a nota. Também é interessante escolher um dia certo da semana que vai praticar a escrita da redação, deixando para descansar só na última semana que antecede o Enem.

Segundo o professor Anderson Teixeira de Souza, docente do curso de Pedagogia EaD da Universidade Tiradentes (Unit EaD), nada é tão difícil quando a gente busca o que quer. “Conquistar essa nota mil não é algo difícil, mas para que isso aconteça é preciso que o candidato tenha foco, estude, busque e pratique muito. Ou seja, faça de tudo para chegar ao objetivo. Para se sair bem na prova de redação, o primeiro passo é compreender a dinâmica da redação. Havendo essa compreensão, basta se comprometer em realizar tudo que é preciso para atingir a nota almejada”, observou. 

E, para compreender a dinâmica da redação do Enem, é preciso ler redações de concursos passados, com nota mil. Isso vai ajudar o candidato a ter essas redações como referência para estudo e prática. “Essa leitura vai permitir que o aluno conheça como os candidatos que escreveram redações de edições passadas do Enem elaboraram os textos, quais foram as exigências deles e as formas de escrita”, destacou o professor.  

Outra dica é que o candidato compreenda que essas redações geralmente fazem uso de problemas sociais do país, e, dessa forma, ele vai ter que apresentar uma medida que reduza ou que venha até mesmo solucionar o problema citado no tema. “Por exemplo, esse ano de 2021 estamos vivenciando sérios problemas na Amazônia, com as queimadas e a destruição da fauna e flora e isso vem repercutindo não só no país, mas, também, internacionalmente. Ou seja, esse é um tema totalmente atual e que pode cair no Enem 2021, então será preciso ser visto”, orientou Anderson. 

Escrever corretamente

Também vale ressaltar que a prova de redação do Enem exige um formato dissertativo e argumentativo, cujo texto precisa ser produzido para que o candidato defenda ideias que estão ali propostas. Portanto, ele vai precisar apresentar sempre pontos de vista de forma coerente, bem clara, fazendo uso de uma norma culta da escrita e prestando atenção na pontuação e acentuação. “O texto precisa estar com letra totalmente legível, limpo, sem vícios de linguagem, sem rasuras, dentre outras características que precisam ser muito bem vistas, esclarecidas e seguidas à regra”, afirmou o professor. 

Lembrando que o candidato só vai se deparar com o tema da redação no dia da prova. “Neste momento, ele vai precisar ser rápido no pensar sobre o tema para saber argumentar e estruturar a redação dele. Então, quando ele for treinar, é preciso que leve em consideração tudo que já foi dito, mas, também, o tema e o tempo para escrever a redação, que é um tempo muito rápido e que no dia da prova se torna ainda mais rápido”, frisou Teixeira. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: