V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Medalhista olímpico ministra clínica treinadores de natação na Unit

Ex-nadador compartilha experiências e ministra aulas teóricas e práticas para treinadores de natação das categorias de base

às 20h51
Ricardo Prado
Ricardo Prado
Ricardo Prado e Edval Júnior
Compartilhe:

Tendo o apoio da Universidade Tiradentes e da Superintendência Especial dos Esportes de Sergipe, a Federação Aquática de Sergipe recebe neste fim de semana o ex recordista mundial de natação, Ricardo Prado. O nadador está em Aracaju para ministrar a clínica do projeto “Clínicas Brasil Afora” . Mais de 20 cidades ao redor do Brasil já receberam o curso organizado pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos e voltado para a capacitação de treinadores de natação da categoria de base do Brasil e profissionais da Educação Física.

O evento é gratuito e o primeiro encontro ocorreu no Auditório do Bloco G no Campus Unit Farolândia na tarde desta sexta-feira, 17. Ricardo dará continuidade ao aprendizado no sábado, 18, nos turnos da manhã e da tarde, contemplando assim diversos assuntos de interesse para os profissionais. Nesse primeiro momento, Ricardo contou sua experiência profissional para os participantes e demonstrou técnicas teóricas para o desenvolvimento de um treinador de qualidade. 

Além das palestras teóricas, haverá também aulas práticas na piscina olímpica da Unit. Dentre os participantes do curso, o professor de Natação da Unit, Edval Júnior, reiterou a honra em ser contemplado com os ensinamentos de um nadador experiente e profissional como Ricardo. “Precisamos sempre estar nos atualizando com o melhor para os nossos alunos e participar desse projeto é angariar o que há de mais novo nos treinamentos de base para os nossos alunos da Unit”.

Ricardo Prado foi considerado o maior nadador brasileiro da década de 1980. O ex-nadador tem mais de 50 anos de experiência com a natação e quando tinha apenas 14 anos, disputou o primeiro Pan-americano, o de San Juan 1979. No ano seguinte, foi para a primeira Olimpíada, a de Moscou. O auge da sua carreira foi nos Jogos de 1984, quando conquistou a prata. Ricardo também trabalhou como comentarista esportivo da ESPN Brasil, foi integrante do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos de 2016 e é coordenador Geral de Esportes da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA). 

“Esse é um curso para treinadores de categorias de base que são aquelas determinadas para crianças que estão iniciando na natação. Estou mapeando quais atividades são adequadas para crianças de seis a nove anos, de nove a onze e de onze a quatorze. Vivemos em um país que tem uma uma especialização muito precoce, onde os atletas muitas vezes treinam muito quando são crianças e mais velhos acabam abandonando o esporte. Então, é exatamente para melhorar essa situação que eu vou instruir aqui o que é internacionalmente aceito de ser ministrado para crianças”, explica Ricardo. 

Leia Mais: Meeting Paralímpico ocorreu no último fim de semana na Unit

 

Compartilhe: