V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Perigos do cartão de crédito: como evitar problemas futuros?

Usar com cautela, apenas em compras necessárias, é o primeiro passo contra os perigos do cartão de crédito, dizem especialistas

às 14h27
O cartão de crédito é a principal fonte de endividamento do brasileiro e também tem os juros mais altos do mercado (Unsplash)
O cartão de crédito é a principal fonte de endividamento do brasileiro e também tem os juros mais altos do mercado (Unsplash)
Compartilhe:

Uma pesquisa recente do Serasa eCred sobre cartões de crédito repercutiu bastante por causa de uma descoberta: 47% dos brasileiros têm ao menos quatro cartões de crédito. Apesar dessa ser uma ferramenta bem importante do consumo na economia brasileira, carregar essa coleção na carteira é um prato cheio para a desorganização financeira. Por isso, é importante identificar os perigos do mau uso do cartão para evitar problemas futuros. 

Ter um bom cartão de crédito é o desejo de qualquer pessoa, assim como um bom limite para compras, acumular pontos para trocá-los no futuro, entre muitas outras vantagens. Mas uma eventual má gestão do cartão envolve tantos riscos que é preciso ter cautela e pensar muito antes de sair gastando por aí, sem pensar no amanhã. 

O cartão de crédito é a principal fonte de endividamento do brasileiro e também tem os juros mais altos do mercado. Essa combinação é um perigo e a pesquisa do Serasa reforça que,  metade dos brasileiros têm acesso fácil a esse tipo de crédito, considerado caro e que geralmente apresenta um limite bem acima da renda que esse consumidor possui. 

Para o professor Marco André Ramos, coordenador pedagógico dos cursos de Administração e Ciências Contábeis do Centro Universitário Tiradentes (Unit Alagoas), a pesquisa revela uma mudança de hábito das pessoas e representa uma grande preocupação, pois essa modalidade de crédito é hoje um dos maiores sinônimos de dívidas. 

“Quando analisamos o cenário atual onde há um alto índice de desemprego e a economia ainda em recuperação pós-pandemia, essa informação é recebida com preocupação, pois a inadimplência tem aumentado e com isso, outros tipos de crédito disponíveis no mercado estão mais difíceis de serem acessados pela população geral”, analisa ele.

Usar só para o necessário

Mesmo passando por dificuldades financeiras, a orientação dos especialistas em finanças é redobrar os cuidados no uso do cartão de crédito, evitando assim, problemas futuros. “Ao mesmo tempo que a gente sabe que num momento de aperto, a única forma de comprar algo, inclusive alimentação, é com o cartão de crédito, se faz necessário realizar uma análise para saber se de fato esse gasto cabe no bolso, pois no mês que vem essa conta vai chegar”, ressalta André.  

E qual seria o uso ideal do cartão de crédito para evitar transtornos futuros? A resposta é simples: utilizá-lo somente em casos específicos. “O cartão de crédito é um meio de efetuar uma compra que geralmente você não conseguiria sem parcelar, por exemplo, uma geladeira. fazendo assim, com que essas parcelas caibam no meu orçamento mensal. O importante nesse processo é identificar o que ‘não’ comprar, ou seja, aquelas compras por impulso”, orienta o professor. 

Asscom | Grupo Tiradentes

Compartilhe: