V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Qual a importância da água para o corpo humano?

Professor explica como a água age no corpo humano e porque a falta dela causa desidratação e outros problemas de saúde.

às 11h20
Imagem: Freepik
Imagem: Freepik
O professor da Universidade Tiradentes (Unit), Marcos Vinícius Nascimento.
Compartilhe:

Mais de 70% do corpo humano é composto de água. Ela ajuda a hidratar, transportar nutrientes até as células e auxilia na eliminação de toxinas do corpo através do suor e da urina. De forma geral, recomenda-se que uma pessoa tome 2 litros de água por dia e a sua falta pode causar vários problemas ao funcionamento corporal.

“A água é muito importante para a saúde, pois ela é necessária para várias reações químicas que nele acontecem e também ajuda a controlar a nossa temperatura e a transportar nutrientes no corpo”, explica o professor da Universidade Tiradentes (Unit), Marcos Vinícius Nascimento.

A falta de água no corpo pode causar desidratação, que ocorre quando os líquidos perdidos não são repostos. “Caso uma pessoa não consiga atingir a quantidade mínima necessária ela pode sentir alterações de humor, dores de cabeça, cansaço, além de desenvolver problemas renais, entre outros”, diz.

Para manter o corpo hidratado, os profissionais da saúde indicam a ingestão de 2 litros de água diariamente, mas segundo o professor, a quantidade ideal varia. “Isso acontece porque alguns praticam exercícios físicos, o que pode gerar uma perda hídrica maior. Além disso, temos a influência do clima, onde em dias quentes a necessidade aumenta”, esclarece.

“Uma quantidade de 2 litros de água por dia pode garantir a hidratação da maior parte das pessoas, no entanto é uma orientação individualizada, pois pode ser muito líquido para uma pessoa menor e mais leve ou pode ser pouco para quem pratica esportes a céu aberto”, acrescenta Marcos.

Além da água, sucos, água de coco e frutas mais úmidas, como melancia e laranja. “Uma ótima forma de inseri-los pode ser no café da manhã, nos lanches ou acompanhando refeições principais”, sugere.

 

Leia também: Nutrição comportamental identifica causas das relações com os alimentos

Conheça o curso de Nutrição da Unit.

Compartilhe: