V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Representantes da Unigel visitam Campus Farolândia da Unit

A iniciativa teve como objetivo conhecer as instalações da Universidade Tiradentes e discutir convênios entre a instituição de ensino e a multinacional

às 20h03
Compartilhe:

A Universidade Tiradentes recebeu a visita do diretor de Relações Governamentais e de Novos Negócios na Unigel, Eduardo Barreto, acompanhado de membros da Diretoria da multinacional. A iniciativa teve como objetivo conhecer as instalações da Unit e discutir convênios entre a instituição de ensino e a segunda maior petroquímica do país.

O alinhamento é resultado do primeiro contato feito pelo Magnífico Reitor Jouberto Uchôa durante a inauguração da unidade em Sergipe, no início do mês de agosto.

“A visita a Universidade Tiradentes e, de forma especial ao Instituto de Tecnologia e Pesquisa, foi no sentido de conhecer o potencial que temos na prestação de serviços via o ITP, na parceria para estágios dos nossos alunos que cursam áreas aderentes a prestação de serviços que a Unigel desenvolve bem como também parcerias para que os funcionários da empresa possam estudar na Unit, nos diversos cursos que ofertamos”, salienta o Vice-Presidente de Relações Institucionais do Grupo Tiradentes, Saumíneo Nascimento. Na ocasião, o gestor recepcionou os representantes da Unigel juntamente com o Presidente do ITP, Dr. Diego Menezes.

“A Universidade de Tiradentes é uma das maiores e mais importantes universidades brasileiras tanto em tamanho como em qualidade, então é um exemplo para o Brasil e para o mundo”, destaca Eduardo Barreto.

Para a gerente do Unit Carreiras, Janaína Machado, a parceria é muito promissora e com grandes oportunidades de estágios para os estudantes dos cursos de Engenharias da unidade Sergipe.

“Há também a possibilidade de uma parceria de promover laboratórios, os chamados bootcamps, quando nossos alunos, dentro da universidade, podem solucionar problemas reais da empresa. Um treinamento intensivo no qual os estudantes trabalham o conhecimento teórico de maneira conjunta com a prática. Ganha a empresa, ganham os nossos alunos com experiências reais”, acrescenta.

Além dos gestores, também participaram do encontro a professora Arleide Barreto, Pró-Reitora de Graduação na Unit-SE, Steliane Medeiros, supervisora comercial da Unit e Rita Souza, Analista de Carreira, Recrutamento e Seleção do Unit Carreiras. Da Unigel, Fabiano Arce, Gerente de Produção da Unidade Sergipe; Gilvan Paixão; Amauri Tolentino, coordenador de RH; José Antônio Marques, Setor de processos e Renato Nicolau, coordenador de Produção.

ITP

Já no Instituto de Tecnologia e Pesquisa, as instalações foram apresentadas pelo presidente Dr. Diego Menezes. O gestor evidenciou as potencialidades e estrutura do ITP.

“Esse mapeamento de processos e serviços abre um leque de novas possibilidades de execução de serviços e de contribuição para o desenvolvimento do Estado por meio da pesquisa científica, tecnológica e inovação”, garante o presidente do ITP.

“O Instituto é exemplo para o Brasil e essa visita marca uma porta de entrada. Certamente vamos verificar as nossas necessidades e sabendo da potencialidade, estaremos nos aproximando para discutir projetos específicos de nosso interesse e que certamente poderão ser muito bem prestados pelo Instituto de Tecnologia e Pesquisa”, assegura o diretor de Relações Governamentais e de Novos Negócios na Unigel.

Unigel

Com um portfólio diversificado de produtos químicos intermediários, a Unigel é líder na produção e comercialização de estirênicos e acrílicos na América Latina, possuindo nove fábricas no Brasil e no México.

Este ano, a companhia se destacou como o único produtor em atividade com capacidade instalada para fabricar e distribuir ureia, importante fertilizante nitrogenado, em escala industrial no Brasil, com a operação de duas fábricas arrendadas da Petrobras (Sergipe e Bahia). Já no início do mês de agosto, a multinacional inaugurou a unidade de fertilizantes nitrogenados Unigel Agro Sergipe, antiga Fafen-SE, localizada no município de Laranjeiras. Em Sergipe, a unidade já gerou 1500 empregos diretos e indiretos na região.

 

Leia também:

Quando os estágios representam uma porta aberta para a empregabilidade

Compartilhe: