V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Sabia que as panelas podem representar risco à saúde?

A especialista e docente da Unit, Thais Trindade chama a atenção para os compostos químicos sintéticos que podem conter em panelas, assim como utensílios em geral. 

às 19h12
Compartilhe:

Você já parou para pensar quais cuidados precisaria ter na hora de escolher as panelas para cozinhar os alimentos? Não somente as panelas, mas os utensílios de forma geral como talheres, fouet, espátulas, entre outros, podem conter compostos químicos sintéticos que afetam o organismo.

A doutora em Biotecnologia e docente dos cursos de Gastronomia, Nutrição, Biomedicina e Farmácia da Universidade Tiradentes, Thais Trindade, explica os motivos da necessidade de certas precauções na hora de adquirir esses produtos.

“Alguns materiais, por apresentar algumas substâncias químicas, são capazes de interferir no sistema endócrino, como por exemplo os recipientes de plástico. Com a panela não é diferente, pois existem diversos tipos que também podem contaminar alimentos com metais”, declara a docente.

“A panela de vidro é a mais saudável de todas, pois não libera nenhum resíduo. Em se tratando pela escolha do critério saúde, o material que escolheria seria o vidro. Porém, tem o lado negativo com relação à condução do calor”, acrescenta.

Segundo a especialista, alguns cuidados são importantes quanto aos alimentos e preparo nas panelas. “É importante observar o alimento para escolher o tipo de panela, pois alimentos ácidos quando cozidos em panelas de cobre estimulam a liberação do mesmo”, salienta Thais que também é mestre em alimentos e especialista em gastronomia e higiene e segurança dos alimentos.

“As panelas de barro, por exemplo, por serem porosas podem levar ao acúmulo de resíduos de alimentos, facilitando o desenvolvimento de microrganismos. Lembrando que cada material conduz calor de uma forma e que vai apresentar pontos positivos e negativos no preparo do alimento”, complementa.

A especialista alerta ainda sobre os riscos para quem utiliza as vasilhas de plástico no microondas. “Não devemos fazer o uso de potinhos de plásticos no microondas, pois pode contaminar o alimento com compostos tóxicos como o bisfenol-a (BPA), um composto utilizado na produção de plásticos e resinas”, ressalta.

“Já foi comprovado que o consumo elevado de BPA pode causar alguns tipos de câncer, como o câncer de mama e próstata, além de provocar alterações no sistema endócrino, caso utilize o material em sua rotina, por isso devem ser evitados. A melhor opção do utensílio para usar no microondas são recipientes de vidro ou cerâmica”, finaliza.

 

Leia também:

Oferta de cursos híbridos é atualizada na Unit

Tradições unem o prazer da gastronomia a capítulos da história

 

Compartilhe: