V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Unit participa do Encontro Construindo Pontes, voltado para empreendedorismo

O evento é o ápice do I Congresso Internacional de Educação Empreendedora e Cidadania para o debate sobre ações inovadoras.

às 18h06
Os professores Antônio Minoru, Janice Domingues, Isabel Cristina Silva e Ivânia Souto.
Os professores Antônio Minoru, Janice Domingues, Isabel Cristina Silva e Ivânia Souto.
O vice-presidente de Estratégia, Internacionalização e Inovação do Grupo, professor Domingos Sávio de Alcântara Machado.
Compartilhe:

A Universidade Tiradentes (Unit) e o Grupo Tiradentes participaram nesta terça-feira, 30, do Encontro Construindo Pontes para debates sobre educação empreendedora. O evento é o desdobramento do I Congresso Internacional de Educação Empreendedora e Cidadania, que aconteceu nos dias 10, 11 e 12 de novembro e congregou investigadores, docentes, empreendedores e educadores que atuam neste âmbito.

Representando a pró-reitoria de graduação da Unit, o gerente da qualidade Antonio Minoru falou sobre o fortalecimento da parceria iniciada ainda durante o congresso. “O que aconteceu hoje foi um diálogo, um fechamento do congresso. A partir disso, serão estabelecidas novas metas e novas ações para 2022 que fortaleçam o fomento ao empreendedorismo, não só local como também internacional. Como o nome já diz, nós vamos construir uma ponte entre Sergipe e Portugal, no sentido do empreendedorismo e educação empreendedora”, explicou.

Com o desdobramento do congresso, a ideia é ampliar as ações e as oportunidades para projetar caminhos futuros para a educação empreendedora. Por isso, a Unit realiza diversas ações voltadas para a educação empreendedora, a exemplo do Hackathon Business, em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Segundo a coordenadora dos cursos de Gestão e Administração, professora Ivânia Souto, buscar soluções para problemas sociais e econômicos faz parte da educação empreendedora. “Em novembro, nós realizamos o II Hackathon, um evento que visa fazer com que os estudantes pensem fora do seu contexto, em problemas de cunho social. Utilizamos a base dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável [ODS] e trabalhamos com Educação de Qualidade, e nesse evento convidamos os alunos a pensarem em ações inovadoras, empreendedoras, que nos ajudassem a melhorar os níveis de aprendizagem na educação como um todo. Isso exigiu a formação de equipes multidisciplinares, com diversas áreas do conhecimento, e que elas pudessem propor soluções que melhorassem os indicadores de qualidade”, explicou Ivânia.

“Às vezes, pensamos que o empreendedorismo está focado em abrir empresas, mas não é só isso. O espírito empreendedor significa ter a visão, organizar os recursos e mudar uma realidade para melhor. Isso é extremamente importante para o futuro”, acrescentou ela.

A educação para o empreendedorismo tem se revelado um campo por excelência para a promoção do desenvolvimento das sociedades, na medida em que desencadeia o crescimento econômico, a coesão social, o sucesso organizacional e a realização pessoal.

Como representante da pró-reitoria de marketing e relacionamento, a professora Janice Domingues exaltou a importância das parcerias que a instituição possui para desenvolver a educação empreendedora. “Estamos buscando parcerias para que nossos alunos tenham essa visão empreendedora. Então, o Sebrae e a Unit são fortes parceiros, porque estamos instituindo essa cultura de empreendedorismo nos nossos alunos, através dos nossos projetos. Queremos que nossos alunos estejam cada dia mais preparados para as exigências do mercado”, enfatizou.

Para a professora da disciplina de empreendedorismo, Isabel Cristina Barreto Silva, o Brasil é um país que incentiva o empreendedorismo, por isso é importante que os estudantes se familiarizem com o assunto. “É muito interessante que os nossos alunos também despertem para esse viés empreendedor. Esse é o nosso grande objetivo e, por conta disso, estamos estreitando os laços em tudo o que se fomenta acerca do empreendedorismo. Não seria diferente com o Sebrae e outros parceiros, para que em tudo isso a gente possa convergir para um ensino de qualidade e dar esse plus na formação acadêmica do nosso aluno”, afirmou a professora.

Tiradentes Innovation Center

Há mais de dois anos, o Grupo Tiradentes inaugurou no campus Unit Farolândia o Tiradentes Innovation Center (TIC). O primeiro centro de inovação voltado à educação tem a intenção de fomentar o empreendedorismo e inovação em Sergipe, através de startups, qualificar os professores no uso de tecnologias educacionais e desenvolver pesquisas em laboratórios de aprendizagem.

O vice-presidente de Estratégia, Internacionalização e Inovação do Grupo, professor Domingos Sávio de Alcântara Machado, explicou que o centro atua em seis grandes áreas: criatividade, empreendedorismo, cultura maker, tecnologia, educação e inovação.

“O TIC tem uma missão de educação porque nasceu dentro de uma universidade, embora seja independente. Temos vários sonhos lá dentro. Sonhos de empreendedores que querem impactar de alguma forma a educação no nosso país. Para fazer isso, pensamos em como será o futuro da sala de aula, o futuro da capacitação. E um dos tópicos é a educação empreendedora, não só nas startups que estão ligadas à educação, que têm a semente da educação, mas qualquer um desses sonhos”, concluiu o professor.

 

Leia também: Unit apoia Congresso Internacional de Educação Empreendedora

Projeto vencedor do II Hackathon Business Sebrae – Unit on-line visa educação inclusiva

Compartilhe: