V E S T I B U L A R UNIT
MENU

Temporários: recrutadores veem aumento na contratação, segundo pesquisa

Pesquisa revela que 59% dos recrutadores acreditam na abertura de vagas para trabalhadores temporários

às 18h09
39% dos entrevistados em pesquisa disseram ter contratado profissionais temporários com experiência em TI nos últimos meses (Unsplash)
39% dos entrevistados em pesquisa disseram ter contratado profissionais temporários com experiência em TI nos últimos meses (Unsplash)
Compartilhe:

Em busca de flexibilidade em projetos pontuais e na necessidade de contar com profissionais especializados para executá-los, recrutadores veem aumento na contratação de temporários nos próximos anos. Esse cenário é apontado por uma pesquisa realizada pela empresa de recrutamento Robert Half, onde 59% dos entrevistados afirmaram essa tendência no mercado de trabalho brasileiro.

Entre as áreas que se destacam neste panorama de profissionais temporários, estão a de Tecnologia da Informação, Administração, Marketing, Atendimento ao Cliente, Finanças e Contabilidade.

De acordo com o professor Marco André, docente do curso de Administração da Unit, Campus Alagoas, essa evolução no volume de contratações temporárias vem ocorrendo nos últimos tempos e foi impulsionada ainda mais agora com a pandemia da Covid-19. “Diante de toda a instabilidade que estamos vivenciando em razão da pandemia, o contrato temporário passou a ser uma alternativa que traz riscos menores e possibilidades de flexibilização que antes não estavam sendo tão exigidas. Por outro lado, esquecendo um pouco essa questão da pandemia, diante das reformas trabalhistas que vem ocorrendo ao longo dos últimos anos e própria característica dos empregos, de formatação e reestruturação das empresas, já se via essa tendência de crescimento nos contratos de temporários”, analisa.

A necessidade de agilidade e flexibilidade por parte das empresas, no tocante a substituições de trabalhadores afastados por licenças, por exemplo, figuram como elementos importantes neste crescimento da demanda por trabalhadores temporários especializados em diferentes áreas de atuação. O levantamento identificou que 39% dos selecionadores entrevistados disseram ter contratado nos últimos meses, profissionais temporários com experiência em TI.

“É importante ressaltar que nesta configuração temos um limite de tempo de contrato de 90 dias para trabalho temporário. Se observarmos nos termos legais, essa mão de obra até serve para substituir funcionários afastados, o que ocorreu em grande número nesta pandemia, mas ao mesmo tempo, ela não pode preencher a vaga de funcionários demitidos, ou que exijam uma demanda permanente. Enfim, existe uma característica diferente neste tipo de trabalho”, pontua o professor.

Porta de entrada

A abertura de oportunidades temporárias como já é de conhecimento, continua sendo considerada uma importante porta de entrada para os profissionais que buscam uma efetivação. Um levantamento recente aponta uma alta de 22% na taxa de efetivação de temporários em 2020, em plena pandemia. “Vivemos um momento em que as oportunidades estão mais raras, então, sem dúvida alguma, conquistar uma chance ainda que por meio de trabalho temporário, de entrar em uma função de apoio administrativo, por exemplo, colocar literalmente o pé dentro da empresa, e assim, poder mostrar suas competências e o que você pode entregar àquela empresa, é extremamente importante neste momento. Desta forma, suas possibilidades de efetivação são ampliadas consideravelmente”, enfatiza Marco André. 

Asscom | Grupo Tiradentes

 

Compartilhe: